Tiago Iorc apresenta: Um dia após o outro

“Pra começar, cada coisa em seu lugar e nada como um dia após o outro”

                                                                      Tiago Iorc

 

Hoje o nosso texto vem trazendo como personagem principal o cantor e compositor Tiago Iorc, que atualmente está presente na playlist de muitos jovens. Confesso que ao escutar pela primeira vez, este que vos escreve não deu muita importância, mas um dia fuçando o Youtube, acabei olhando algumas de suas produções, desde então começou a minha admiração por seu trabalho.

Hoje trago a minha interpretação da música “Um dia após o outro”, e mesmo não tendo certeza do que pensou o Tiago Iorc ao compor esta canção, creio que a música expressa sentimentos, tanto para quem canta, quanto para quem ouve, e é por esse motivo que quero falar da nossa vida e os dias que seguem. Peço que não se escandalizem com o fato do cantor não ser do meio Cristão, mas quero trazer a partir dessa música uma reflexão bíblica sobre nossos dias.

Sabe aqueles dias em que você acorda e sente que tudo está dando errado? Já acordou com aquela sensação de estar derrotado? Aquela sensação de que você não consegue enxergar o futuro em si? Ou melhor, já acordou com aquele sentimento de que você só desagrada a Deus, as pessoas a quem você ama e a você mesmo? Pois bem se você é gente de carne e osso como eu, com toda certeza já passou por esses momentos, e caso não tenha passado, sinto em dizer que é bem possível que ainda se suceda, e isso não vai ocorrer uma ou duas vezes, o choro nestas ocasiões também não se ausenta, mas faz parte do processo de crescimento.

Ao acompanharmos um trecho da música, podemos ser levados à reflexão de que precisamos entender que cada coisa tem seu lugar e não é necessário ter pressa por não se enxergar as soluções no instante. Com o tempo, mesmo nas maiores dificuldades, se aprende que Deus realmente tem o controle de tudo e nada é do nosso jeito, mas do jeito Dele; além do que, tudo o que Ele faz é bom, e muito além de um clichê cristão, este é um fato.

Deus sempre foi e é bom, e age em favor dos que Ele ama, ainda que seja difícil de entendermos no momento da angústia, Deus nos lapida para muitas ocasiões para podermos ser usados por Ele; e sim, Ele nos poupa de dores maiores que podem ser causadas por nossas próprias vontades.

Mas não quero falar aqui apenas do futuro que Deus providenciou, não é o intuito deste jovem que vos escreve; mas em entender que o fato de nos sentirmos “para baixo” é algo natural, até porque não conheço um ser humano que nunca tenha ficado triste por ter perdido ou deixado de ganhar algo, isto irá acontecer diversas vezes e é preciso nos adaptarmos e amadurecermos a partir da imutável realidade.

(…)Por que apressar?
Se nem se sabe onde chegar
Correr em vão se o caminho é longo

A palavra de Deus lá em Mateus 6:34 nos alerta para não andarmos ansiosos com o dia de amanhã, pois amanhã trará os seus cuidados, basta ao dia seu próprio mal; mas ainda assim não somos poupados das ansiedades diárias e com elas o próprio medo do futuro. É óbvio que isto mais prejudica que ajuda, o excesso de futuro e de falta de confiança em Deus podem, em muitos casos, ter a ver com isto.

 (…) E se tropeçar
Do chão não vai passar
Quem sete vezes cai, levanta oito…

Sem duvidas esse é um trecho dessa música que mais me encanta, pois de fato estamos suscetíveis a cairmos várias vezes, já que não podemos adivinhar o futuro –graças a Deus por isto, não?. O fato é que é necessário que se entenda que se houver uma queda, você não passará do chão, e é daí que se pode recomeçar, ter a oportunidade de se levantar novamente e caminhar.

No Salmo 37:23 e 24 o salmista diz o Senhor firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz, e se cair não ficará prostrado, porque o Senhor o segura pela mão. Caro leitor, se você cair, o martírio não lhe cabe mais, pois os seus olhos devem se voltar para que o criou. Levante-se e continue ou recomece tudo, por mais difícil que seja. Deus fez o dia e a noite, e com elas há a oportunidade de começar outra vez.

 (…) Pode esperar
O tempo nos dirá
Que nada como um dia após o outro

Deus está realmente no controle de tudo, e Ele sabe o que é melhor para todos. Recordo de que certa vez, um amigo me disse que um dia nós iremos olhar para trás e perceber que valeu a pena cada experiência vivida, e então seremos muito gratos a Deus pelas coisas que não aconteceram do nosso jeito, mas conforme a sabedoria Dele.

Vejamos em Romanos 8:39-35 que diz: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: “Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

Assim como Paulo escreveu na carta aos Romanos, durante a nossa vida, sofremos algumas frustrações, tristezas, angustias, mas em todas essas, nós somos mais que vencedores, e Deus nos mostra isso a cada futuro vivido hoje, nos mostrando que valeu a pena cada dificuldade sofrida ontem.

Talvez você esteja passando por um momento muito difícil e que não consegue encontrar saída em nada. Mas, precisamos passar por isso, para amadurecer.

O intuito é fazer você lembrar que além de tudo isto, existe um Deus que cuida e nos conduz ao melhor caminho; pois, por amor de Cristo já somos vencedores e o que vem da parte de Deus é sempre bom. Já somos vencedores por já termos alguém que já se fez pecador em nosso lugar.

As alegrias e tristezas desta vida são detalhes dela. Que Deus nos ajude a descansarmos Nele para vivermos um dia após o outro.

 

Hinckley Mendes

Hinckley Mendes

Um garoto cheio de dúvidas, tentando parar de correr atrás do vento, um insistente do erro, um pecador achado, o menino mimado que Deus ainda chama de filho.
Hinckley Mendes

Últimos posts por Hinckley Mendes (exibir todos)