Por que não consigo fazer o bem que eu quero fazer?

Porque não consigo fazer o bem que eu quero fazer? 

– Por Aclevia Brito

“Por que não consigo fazer o bem que eu quero fazer? Quando menos imagino já fiz o que não queria, de novo, e de novo”…

Quantas vezes essa indagação já não passou por nossas mentes?! Com isso vêm a célebre frase: ” Ahh, Se arrependimento matasse…”
E isso vai nos consumindo a cada novo deslize que cometemos, a cada erro que surge, a cada tomada de decisão não tão pensada. As feridas parecem que nunca saram, ou mesmo quando saram, as cicatrizes fazem questão de trazer a tona tudo aquilo que queremos apagar com todas as nossas forças.

Google Imagens
Google Imagens

O incrível é que o Apóstolo Paulo, escrevendo em sua carta aos Romanos, isso ainda por volta dos anos de 57/58 d.C, já tinha consigo esses mesmos questionamentos, e ele ainda diz mais: “Miserável homem que sou! Quem me livrará do corpo dessa morte?” (Rm. 7:24).
Mas, por que essa situação continua acontecendo? Por que continuamos errando, e assim sofrendo com as consequências? Porque todos nós pecamos e estamos destituídos da glória de Deus (Rm. 3:23).

E Por que pecamos? Porque muitas vezes ainda queremos insistir que a criatura, que somos nós, conhece a si mesmo mais que o Criador, Deus, o Pai. Então, tomamos nossas decisões, fazemos nossas próprias escolhas, e antes que alguém questione “Mas não temos o direito de escolher?”. Acredito sim que temos esse direito, contudo, mesmo fazendo uma comparação injusta aqui, já que nós humanos somos passíveis a falha e Deus não falha, podemos refletir como quando pensamos está com alguma doença, o mais certo a fazer é procurar um médico, que tem mais conhecimento sobre o assunto e ele saberá o que recomendar, assim também somos nós com o nosso Criador, Ele é Onisciente, Onipresente e Onipotente.

Logo, quando não procuramos essa orientação, ficamos prisioneiros de nós mesmos, procurando controlar tudo a nossa volta, confiando nos nossos próprios extintos, na nossa própria capacidade. Mas, como ainda somos carnais e não podemos conhecer o futuro que nos espera, acabamos cometendo erros e mais erros. E nesse momento entra em cena o adversário de nossas almas, aquele que veio somente para matar, roubar e destruir (Jo. 10:10). Quando falhamos, o inimigo começa a nos acusar, a ” jogar na nossa cara ” que erramos de novo, que não merecemos mais perdão, que somos imundos, pecadores.

Pecadores? Somos sim. No entanto, Todavia, Porém… Da mesma maneira em que Paulo pergunta quem poderia livrá-lo daquele corpo, na primeira parte do versículo seguinte ele também diz: “Que Deus seja louvado, pois Ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!” (Rm. 7:25). Glória a Deus!!!

Através do sacrifício de Cristo na cruz do Calvário, nós temos a oportunidade de não mais continuarmos no pecado e ainda o privilégio de sermos chamados de filhos de Deus.

Contudo, precisamos nos render a Ele e aceitá-lo genuinamente, como nosso Senhor e Salvador, e Ele apagará as nossas transgressões (Is. 43:25) e nos guiará na sua direção. E as cicatrizes agora só servirão para nos trazer a memória que somos amados por Deus e que fomos aceitos por Ele!!

Que venhamos cantar assim como Luma Elpídio a canção: “Então liberta-me de mim, eu quero ser a tua casa, se Você (Deus) estiver aqui, eu sei, eu venço o pecado. Então enche-me de Ti (Deus), até que não aja mais espaço, pois quando estou em Tua presença o meu viver é transformado”.

Então vamos lá, nos rendermos ao perdão de Jesus e deixarmos ser guiados pela sua graça e misericórdia?!!!

mlmç                                                                                                                                           “Assim, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”

2 Coríntios 5:17.

________________________________________________________________________________

Aclevia

* Texto de autoria da nossa leitora Aclevia Brito. Estudante de Engenharia de Produção da UEPA (Universidade do Estado do Pará), Campus Marabá. Membra da Assembleia de Deus Missão em Marabá e da ABUB (Aliança Bíblica Universitária do Brasil).

“Uma eterna aprendiz de Jesus Cristo, buscando libertar-se de si mesma. Alcançada de forma inexplicável pela Graça Redentora de Deus!”

Davvy Lima

Davvy Lima

Prisioneiro de mim mesmo. Pecador treinando no erro. Agradecido pela graça na cruz, tentando viver a simplicidade da vida com Jesus.
Davvy Lima

Últimos posts por Davvy Lima (exibir todos)